sábado, maio 1

O que não se conta mais

Todas essas pessoas

nesta pista

entre eu e você do outro lado

apenas suspeitam - não, suspeitar

exigiria um pensamento - apenas

imaginam que nos conhecemos

Porque dizem ao nos ver

conversar - sobre? - "ah, vocês se

conhecem". Logo concordamos com

um gesto vacilante e elas não sabem que

desde muito antes delas,

de você começar a usar listras,

cabelo curto

e eu a ser eu mesma

Quando éramos outros

juntos

8 comentários:

Mai disse...

As pessoas deduzem, concluem e sequer imaginam o real e a história real.

sempre gosto, Luanne.

Juan Moravagine Carneiro disse...

O fato é dado e não muda nunca...o que se muda são suas interpretações...e quantas interpretações existem...centenas delas!

Luka disse...

"E eu ser eu mesma" foi um trocadilho muito bom, não sei de proposito, mas muito bom
assim como "usar eu mesma"

Luka disse...

Juan tb anda aparecendo por aqui?
ahuahauha

Marcela Bertoletti disse...

No fundo o que importa é o que vc sabe e não o que os outros suspeitam.

Beijos

vanessacamposrocha disse...

a graça da vida!

Sérgio Luz disse...

concordo com um gesto vacilante

guru martins disse...

...pois é!...

bj