sexta-feira, março 18


Será necessário mensurar,

cedo ou tarde,

as perdas do tempo.

A morte é grande e

lá de longe se vê

a imensidão. Digo,

a pequenez da vida.

A morte é sempre maior. Única.

Coisa que começa e não

termina. Eu não sei onde

acabo, mas

saberei ver o começo

com precisão.

Chegar ao fim e justificar o início.

Morrer será a prova viva de ter nascido.


5 comentários:

caio disse...

:)

guru martins disse...

...não procure-a
deixe que ela te ache
não há nenhum romantismo nela
ela não justifica nada...

bj

rafael.dias disse...

Vivida pra frente e compreendida pra trás, disseram. Gostei. Bonito.

ociosoanônimoautorizado disse...

só estamos vivos quando percebemos que a morte nos faz parte, nos ciclos das entranhas margens plácidas.

Anônimo disse...

2Hola, hemos agregado un trackback (enlace hacia este artículo) en el nuestro ya que nos pareció muy interesante la información detallada pero no quisimos copiarla, sino que nuestros lectores vengan directamente a la fuente. Gracias... consulta por placa - consulta por cedula - tarjeta en colombia - tarjeta en colombia - tarjeta en colombia